26 de abril de 2012

Como garantir uma boa absorção de nutrientes nas crianças?

Um intestino saudável é fundamental para as crianças para que a absorção de vitaminas e minerais seja suficiente para o seu desenvolvimento.



Os prebióticos são carboidratos não-digeríveis, também chamados de fibras alimentares, que estimulam seletivamente a proliferação ou atividade de bactérias benéficas no intestino, prevenindo a disbiose intestinal e melhora a absorção de nutrientes. 

Os prébióticos: 
• Ajudam na manutenção da flora intestinal.
• Estimulam a motilidade intestinal (trânsito intestinal) e auxiliam para uma boa consistência das fezes, prevenindo assim a diarréia e a constipação intestinal.
• Colaboram para que somente sejam absorvidas pelo intestino as substâncias necessárias, eliminando assim o excesso de glicose (açúcar) e colesterol, favorecendo, então a diminuição do colesterol e triglicérides totais no sangue.
• Possui efeito bifidogênico, isto é, estimulam o crescimento das bifidobactérias. Essas bactérias suprimem a atividade de outras bactérias que são maléficas, que podem formar substâncias tóxicas. 

Exemplos de prebióticos são os frutoologosacarídeos (FOS), a inulina e o amido resistente. 

Os FOS são obtidos a partir da hidrólise da inulina. Os frutooligosacarídeos estão presentes em alimentos de origem vegetal, como cebola, alho, tomate, banana, cevada, aveia, trigo e mel. 

A inulina é um polímero de glicose extraído principalmente da raiz da chicória, é encontrada também no alho, cebola, aspargos e alcachofra. 

O amido resistente é um carboidrato complexo que não é digerido e absorvido pelo intestino delgado, muito semelhante as fibras alimentares. O amido resistente pode ser encontrado na biomassa de banana verde.

2 comentários: