8 de maio de 2012

Como ter uma boa alimentação em aventuras?

Para quem gosta de passear, se aventurar, acampar, fugir um pouco da grande metrópole, ou mesmo ir mais longe como meus queridos clientes do projeto 360 Extreme Expedition, perde as regalias de uma cozinha equipada, restaurantes diversos, supermercados e feiras.


Eu viajei no ultimo feriado para Ilha Comprida, em uma região da ilha onde não tem nenhuma dessas regalias. Confira 6 opções abaixo que coloquei na mala... e boa viagem! 

• Amêndoas, nozes, castanha do Brasil: fornecem gorduras boas, que reduzem o colesterol, além de colaborar nos processos antiinflamatórios, proteínas essenciais para a formação e recuperação muscular, vitamina E, zinco e selênio, que também apresentam importante ação antioxidante. 
• Frutas secas: uva passa, damasco e manga, cuidado com aquelas que são cristalizadas (açucaradas). Mesmo com a secagem, elas mantêm as propriedades (vitaminas, minerais, fitoquímicos e fibras), não têm aditivos químicos, tão prejudiciais à saúde. 
• Pão integral, cookies integrais e granola caseira: os cereais integrais são uma excelente fonte de carboidratos complexos (que levam mais tempo para serem “quebrados” em açúcares mais simples) e apresentam vantagens sobre outras fontes de carboidratos que podem ser de alto índice glicêmico, isto é, que alteram a taxa de glicose no sangue mais rapidamente. Desta forma, consumir cereais integrais repercute de forma positiva na saúde. São excelentes fontes de fibras, vitaminas e minerais. 
• Semente de abóbora e girassol: as sementes de girassol são uma excelente fonte de vitamina E que é um poderoso antioxidante (neutraliza os radicais livres), contém fibra, vitamina A, gordura monoinsaturada, o que protege doenças cardiovasculares. Também é rica em magnésio, importante para formação óssea e prevenção de osteoporose. Semente de abóbora é rica em potássio, mineral capaz de auxiliar no controle da pressão arterial. Também é rica em fibra e vitamina A, importante para os olhos, prevenindo doenças como a degeneração macular. 
• Azeite de oliva extravirgem: os benefícios do azeite vêm sendo demonstradas em vários trabalhos científicos. Há muitas evidências pode ter efeitos benéficos na prevenção de doenças cardiovasculares e do câncer. 
• Atum (lata): fonte de proteínas que tem como função principal formar e reparar os tecidos do corpo e também é uma ótima fonte de ômega 3 (atum em óleo conserva melhor o ômega 3) que tem ação antiinflamatória, antioxidante, auxilia no controle do diabetes, obesidade, combate a osteoporose, e melhora o funcionamento das atividades do cérebro.

2 comentários:

  1. Isa,
    Adorei as dicas e o blog.
    Tá de parabéns...
    A única dúvida é quanto a semente de abobora que normalmente vem salgada, o sal é demais ou pode comer sem medo?
    bju

    ResponderExcluir
  2. Naty obrigada!!
    Hoje a semente de abóbora você já encontra sem sal!
    Bjs

    ResponderExcluir