7 de março de 2014

Mude sua alimentação e acabe com a enxaqueca!


Qual mulher na fase da TPM que não sente aquela vontade louca de comer doces?

Ou então, com a correria do dia-a-dia você acaba comendo a primeira coisa que vê pela frente, e quase sempre são alimentos supercalóricos com taxas elevadas de açúcar e gordura, e um tempo depois bate aquela dorzinha de cabeça, não é mesmo?

Devido à má alimentação, essas dores podem se tornar frequentes e acabar desencadeando o que chamamos de: Enxaqueca!

A enxaqueca é caracterizada como crises frequentes de dores de cabeça, que apresenta uma maior incidência em mulheres.

Influências hormonais, ambientais e fatores de estresse fisiológico, baixo nível glicêmico e fadiga são alguns fatores que podem desencadear a enxaqueca.

Os alimentos que podem ser gatilhos para a enxaqueca possuem em sua composição substâncias capazes de provocar alterações na dilatação dos vasos sanguíneos do encéfalo, primeiramente diminuindo-os e em seguida aumentando-os. São estas alterações do diâmetro que provocam as dores de cabeça.

Quando há um aumento do consumo de açúcar, pode apresentar quadros de hipoglicemia, ou seja, quando o organismo utiliza a energia, proveniente da glicose, rápido demais. Então ocorre falta de energia no cérebro para seu funcionamento normal, que acaba utilizando outros mecanismos para manter os níveis de glicose cerebral. Um desses mecanismos é o aumento da produção de catecolaminas, gerando vasoconstrição dos vasos sanguíneos, que tem como consequência o aumento da frequência cardíaca, da temperatura, irritabilidade e por consequência a enxaqueca.

“Estima-se que 20% das enxaquecas sejam causadas por sensibilidade a alimentos.”

Alimentos que podem desencadear as crises:
  • Alimentos que contém tiramina: queijos maturados, cerveja, embutidos, molho de soja, chocolate.
  • Aspartame (adulcorante) - segundo algumas pesquisas, o consumo de 30mg por dia pode aumentar em até 9% o risco de enxaqueca em indivíduos predisposto.O glutamato monossódico - tempero muito utilizado nas cozinhas orientais, pode inibir a absorção de glicose por parte das células cerebrais, desencadeando a enxaqueca.
  • Nitritos - utilizados em alimentos embutidos, para realçar a coloração e o aspecto dos alimentos, possuem ação vasodilatadora, ocasionando dores de cabeça.
  • A cafeína -  presente no café, chá mate, guaraná, e chocolate. Tem ação vasodilatadora nos vasos sanguíneos do corpo e ação vasoconstritora dos vasos sanguíneos do cérebro.

Estudos mostraram que baixos níveis de magnésio facilitariam o desenvolvimento da vasoconstrição que acarreta a enxaqueca. Portanto é importante ingerir alimentos fontes desse mineral como as folhas verdes escuras, soja, leguminosas, castanhas, cereais como aveia, arroz integral, pães integrais, carnes, peixes e ovos.

Assim como o magnésio, a vitamina B2 é eficaz na prevenção e tratamento da enxaqueca. As principais fontes de vitamina B2 são iogurtes, carnes magras, ovos e vegetais verdes.


Os alimentos são os melhores remédios quando você faz a escolha certa! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário