8 de abril de 2014

A importância da mastigação!


A alimentação adequada é fundamental para quem quer qualidade de vida, saúde e para aqueles que querem manter a boa forma. Pois, além de se preocupar com a ingestão de alimentos saudáveis e nutritivos, a mastigação destes alimentos é de extrema importância. 

A mastigação lenta proporciona uma comunicação efetiva entre estômago e cérebro, fazendo com que haja maior liberação de hormônios de saciedade, como a CCK (coleciostoquinina) e reduz a produção de hormônios que aumentam a fome, como a grelina, aumentando a percepção de que realmente está satisfeito. 

O processo de digestão inicia-se na boca. O alimento vai ser triturado pelos dentes e misturado com a saliva, onde tem a presença da enzima ptialina ou amilase salivar, que é responsável pela quebra do amido (carboidratos) dos alimentos. Com uma mastigação correta, a produção de saliva é mais eficiente, o que ajuda a formar um bolo alimentar mais fácil de ser deglutido. Se os alimentos não forem triturados adequadamente, aumenta o trabalho do estômago durante o processo de digestão, e pode resultar em desconforto gástrico, azia, e gases.

Quanto menor os alimentos estiverem, melhor será a digestão e absorção de seus nutrientes pelo intestino.

Não tenha pressa! A refeição deve proporcionar um momento prazeroso, sinta o sabor daquele alimento, afinal de contas, o cérebro só recebe um “aviso” de que o organismo está sendo nutrido após 20 minutos do início da mastigação. Portanto, se alimentar rápido demais faz com que você coma mais, fique com aquela sensação de “estomago cheio”, sem contar no aumento de peso.


Levar pequenos pedaços de alimento à boca é uma boa forma de conseguir um controle na quantidade que se está ingerindo, e deve ser uma hábito a ser cultivado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário