9 de outubro de 2014

Ansiedade e Dieta



Grupo de emagrecimento Nutrição na Medida

No segundo encontro online do grupo de emagrecimento falamos sobre a temível ansiedade. Tem coisa pior que a ansiedade para atrapalhar uma dieta? Por isso que sempre falo... é o mal do século! E como as causas da ansiedade são individuais, não tem como não amenizá-la senão pelo hábito de fazer coisas saudáveis.

Expliquei para as meninas o que é: "A ansiedade nada mais é do que a tensão entre o agora e o depois... Com ansiedade você termina o dia cansado, sem ter vivido o dia verdadeiramente. Não viveu o agora, estava pré-ocupado com a fantasia do futuro, sofrendo com algo que talvez nem exista. Estar na ansiedade é como viver em função do próximo segundo e nunca do momento presente”.

Mas, será que realmente o que atrapalha a alimentação é essa ansiedade? Com a correria do dia a dia, e diversas funções que temos, é natural ter medos. Mas até aonde vai isso?




A melhor forma de entender de onde vem a ansiedade é tentar identificar o que é. Pode ser um hábito ou uma coisa que gosta muito e não consegue ficar sem. Pode ser um processo de mudança que, geralmente, é difícil. Mas vamos lá:

- É normal sentir vontade de comer algumas coisas, principalmente quando está acostumada a comer esses alimentos, isso não é problema. Não é porque gosta de tomar vinho que você tem que tomar todo dia. Todo mundo adora uma roupa nova, mas não é por isso que vai comprar roupa nova todo dia. E porque com a alimentação tem que ser diferente?

- Gosta de pão francês e pão integral não é muito gostoso...então, o exercício é pensar no que pode substituir para ficar mais gostoso, ou o que pode passar no pão integral para que ele fique mais gostoso. Se quer um chocolate, coma o cacau 70% ou o meio amargo. O importante é encontrar uma solução!

- Na maioria das vezes, o problema não está o que comer na dieta, mas o processo de mudança na alimentação. Mudar nos desloca do cômodo, é difícil mesmo! Só que isso não vai acontecer da noite para o dia. O importante é colocar na prática, mudando nas compras, optando por alimentos melhores...e assim vai!


O que ajuda nessa transição.....
- Alimentos ricos em triptofano, que é um aminoácido precursor de serotonina, o neurotransmissor do bem estar: banana, aveia, amendoim, castanha de caju, ovo...
- Exercício físico, além de gordura, queima a ansiedade também. Em um momento de ansiedade, experimente fazer uma caminhada. Na volta, veja se você está com a mesma sensação.


Nenhum comentário:

Postar um comentário